28 de janeiro de 2011

Amy Winehouse, diva do Blues

Com certeza já ouviram falar da Amy, mas de outro modo, o motivo de escândalos, brigas e envolvimento com drogas.
Amy Winehouse se prejudicou muito ao entrar neste mundo, porém sua voz não deixou de ser a mesma. Uma pena que estas coisas acontecem para boas pessoas. 
Quando pequena sofreu com a separação dos pais e sempre foi uma pessoa que demonstrava um pouco de violência. Segundo a um documentário, uma vez ela fingiu se sufocar com um saco plástico na frente de sua mãe, apenas para chamar a atenção.
A sua voz é um dom, todos afirmam. Desde criança ouvia músicas com seu pai que com certeza foi uma grande inspiração. Ela segue o ritmo do blues e pop.
Suas primeiras apresentações eram em pequenos bares e pubs da Inglaterra, mas começou a ficar mais famosa quando fez seu primeiro show em um pub nos Estados Unidos.
O envolvimento com as drogas começaram aos 16 anos, porém nunca foi um problema grave até conhecer Blake, seu ex namorado, que lhe mostrou drogas mais fortes. Foi aí que tudo piorou.
Agora seus shows são marcados por ela sempre estar bêbada, com um copo de bebida ao lado e inquieta. O mais típico é vê-la abandonando o palco antes do combinado e deixar os fãs na mão.
Com dois álbuns Amy foi a cantora de blues que mais deu o que falar.
Seus álbuns são Frank e Back To Black.
Ela mesma disse para uma entrevista que ela trabalharia até ela cair morta. Eu espero que a vida dela melhore. Ela tem um dom e deve mostrá-lo com vontade, parece que anda esquecendo disso.
video
Música Valerie
Se alguém se interessar por algum álbum por favor deixe um comentário com o e-mail.

27 de janeiro de 2011

Volta às Aulas = Cadernos Novos

Estava pesquisando novos cadernos de 2011, e encontrei uma marca de cadernos que antes nunca tinha ouvido falar. É a marca MVSEVM.
O interessante são as capas destes cadernos, lembro deles desde o ano passado e ainda estão à venda.
O problema é que são sem pauta, mas são lindos. Eu me socializei muito com a capa, haha.
Vou deixar algumas capas para verem aqui, se for de interesse, os links para a compra seguem abaixo. Confesso que os preços não estão muito em conta.
A MVSEVM é a marca autorizada para criar e produzir no Brasil, objetos com reproduções autorizadas dos principais museus estrangeiros, sucessões de artistas e fotógrafos do mundo todo. MVSEVM = MUSEUM = MUSEU! :O





















Segue link para duas lojas que eu aconselho: submarino e americanas. Algumas capas estão indisponíveis, mas não custa nada ver as outras, né?
Até mais tarde :)

Ah! E queria agradecer às pessoas que estão me seguindo e comentando. Muito obrigada todos vocês, o motivo de eu continuar postando por aqui. YEP!

O Rei do Rock!

Mas quem?
Elvis Presley!

Por que Elvis tornou-se tão famoso?
Naquela época (nos anos 50) ainda estavam surgindo novos cantores, muitas coisas ainda estavam sendo descobertas. Ele se destacou por ser um jovem com uma voz que alcançou notas inatingíveis antes. Sua dança extremamente louca também foi o sucesso entre todos, tanto homens quanto mulheres.
Nos anos 50 houve muito problema com o racismo, a sociedade era totalmente dividida. Ou só negros, ou só brancos. Muita coisa contribuiu para que as raças pudessem se misturar, segundo um filme que eu assisti, uma grande porta para este acontecimento foi a criação da Chess Records: a primeira gravadora de um homem branco que deu a chance para negros, que por sua vez acabaram fazendo muito sucesso enlouquecendo todas as meninas, independente da cor. Uma revolução.
Elvis pegou esta época bem no início e isso também contribuiu para se tornar simplesmente o REI. Brancos, Negros, Amarelos, Roxos, Azuis, Verdes, todos estavam se tornando um, a mistura começou a não ser tão proibida quanto antes. Mas é claro que nem todos se sentiam assim, tanto que os negros cantores e famosos achavam que ele tocava R&B, pois negros cantavam para negros e brancos para brancos, mas Elvis cantava para todos e sofreu preconceito por causa disso. Sentiam que ele estava roubando a identidade dos negros.
Elvis e seu pai
Foi aí que Elvis começou a dançar e cantar para todos. Tudo era novidade, sua voz, seu estilo, seu cabelo, suas roupas e seus passos de dança.
Começou a atuar em filmes também e ficou muito mais conhecido. Jailhouse Rock foi um dos sucessos, e Love Me Tender foi sua primeira performance em cores trasmitidas.
A música de verdade, a vontade de cantar já havia surgido há muito tempo, mas o R&B e o Rockabilly foram os primeiros a fazer muito sucesso e são a chave para todos os outros ritmos, acredite ou não, é verdade. As músicas antigas sim foram criações de verdade, a chave para o surgimento de novos ritmos, pois tudo ainda era novidade. Hoje vivemos de cópias e cópias.
Suas músicas de maior sucesso são Burning Love, Love Me Tender, Jailhouse Rock, A Little Less Conversation, Hound Dog e Stuck On You.

Uma música sempre é vem vinda: Burning Love
video
"Ser feliz é o maior afrodisíaco que existe. Você só passa por esta vida uma vez. Não vai ter bis."                                                                       Elvis Presley

26 de janeiro de 2011

Um livro curto, porém interessante

  Faz um tempo que encontrei este livro, estava passando por um site de livros quando o título e o enredo me chamou atenção. É um livro curto, porém interessante. Chama-se O Livro de Fadas Prensadas de Lady Cottington de Terry Jones.
Quem gosta de fantasia e livros curtos é um bom livro para ler, é capaz de terminar de lê-lo em um dia (ou menos)!
Conta a história de uma garotinha que desde pequena carrega consigo um diário e toda vez que o abre para escrever, fadas se aproximam. Ela, obsecada, ao vê-las imediatamente fecha seu diário e as esmaga em suas páginas deixando imagens diferentes de seus rostos.
Ela continua a escrever em seu diário durante mais de 30 anos, contando os acontecimentos de sua vida e as consequencias que foram trazidas por causa das fadas que sempre estavam ao seu lado fazendo o mal, ou talvez até o bem. Não vou falar muito sobre este livro senão vai acabar perdendo a graça. O download está aqui, não custa nada baixar, é bem curtinho e cheio de imagens. É mais um livro infanto-juvenil. 

Across The Universe

Mais um filme. 
Desta vez um musical.
Ele é feito com uma seleção de música dos Beatles. As musicas encaixam perfeitamente na história (lógico) e existem personagens que possuem nomes citados nas músicas da banda, fazendo com que tudo seja mais interessante.
Os personagens são a Lucy (tirado de Lucy In The Sky With Diamonds), o Jude (Hey, Jude), Prudence (Dear Prudence).
Trata-se de uma história que ocorre durante a guerra do Vietnã, em que muitos jovens estadunidenses foram recrutados e a época em que os hippies marcaram.
O foco não é na guerra, e sim no romance entre dois personagens: Lucy e Jude.
Jude é um garoto que mora em Liverpool, na Inglaterra, que resolve um dia sair para procurar seu pai (que separou-se de sua mãe antes de saber que esta estava grávida dele). Jude vai aos Estados Unidos.
Lá conhece Max, que logo se tornará seu grande amigo. 
A partir do Max ele conhece toda a sua família, entre os parentes está a Lucy (irmã de Max).

Lucy teve seu namorado recrutado e estava com muita falta dele até receber uma carta. Até aí tudo bem, a carta dizia que ele não ia demorar. Não deu muito tempo e os pais de seu namorado recebem uma má notícia. Seu namorado havia falecido na guerra. A vida de Lucy simplesmente acabou.
Assim que Jude entra em sua vida, tudo muda. Max e Jude se mudam e agora estão morando juntos com uma cantora não muito famosa mas com o sonho de ser Sadie.
Lucy resolve se mudar com eles um pouco mais tarde, foi aí que tudo começou. O movimento hippie veio à tona na época e revoluções ocorriam enquanto jovens no Vietnã nem sabiam. Muitos morriam nos Estados Unidos por fazer passeatas.
A droga do momento era a maconha, e sim, todos estavam usando-a.
Lucy e Jude nunca se separaram, mas passaram por muitas coisas, conheceram novas pessoas e viveram muito bem até Lucy participar de uma das passeatas e começar a sofrer por ter seu irmão recrutado também. 
Max se recusa a ir, mas é obrigado.
Uma participação especial no filme é do Bono Vox, que faz um tipo de hippie muito doidão, ele aparece muito pouco e canta duas vezes, uma das músicas é a dos créditos: Lucy In The Sky With Diamonds. Confesso que ficou muito bom.

É um filme meio drama, romance, confuso e louco. Os próprios atores cantam no filme e as músicas não sofrem nenhuma mudança.
Os personagens principais são interpretados por:
Jim Sturgess (Jude)
Evan Rachel Wood (Lucy)
Joe Anderson (Max)
Caso tenha interesse também tenho os CDs do filme. São dois. Qualquer coisa deixe um comentário com o e-mail e entrarei em contato :)

24 de janeiro de 2011

Livro e Animação Coraline

O livro ficou bem mais conhecido após a animação feita pelo diretor de filmes Henry Selick. É muito parecido com animações do Tim Burton, tanto que eu achei que ele também estava dirigindo o filme. Mas os dois já trabalharam juntos em James e o Pêssego Gigante e O Estranho Mundo de Jack.
O autor do livro é Neil Gaiman, mais conhecido pelos gibis Sandman, que eu também acho muito interessante.
O filme segue bem a história do livro (contém spoilers, revela cenas do filme e do livro):
Uma pequena menina se muda com os pais para uma cidade bem afastada de onde morava antes, seus pais trabalham como escritores sobre assuntos botânicos e a vontade dela é arrumar o quintal feio de sua nova casa (que é como um condomínio, chama-se Pink Palace e muita gente estranha vive por lá), porém seus pais nunca têm tempo para ajudá-la e estão sempre no computador resolvendo negócios. A comida também é horrível. Ela resolve sair para procurar um poço e conhece um menino chamado Wybie e um gatinho de rua que parece ter algo de misterioso. 
Após um tempo dentro da nova casa Coraline encontra uma porta coberta pelo papel de parede da casa, ela o rasga e vê uma pequena portinha com uma fechadura diferente. Coraline pede para a sua mãe a chave daquela porta e quando abrem não tem nada a não ser tijolos e cimento fechando a passagem. Um pouco mais tarde na hora de dormir ela sonha que passa pela porta e do outro lado encontra um mundo diferente, como o dela, porém tudo como sempre quis: a comida é excelente, tem o seu milkshake de manga e o quintal é fantástico! Porém uma diferença: Todos os seus conhecidos da nova área possuem olhos de botão. A história é muito cheia de mistérios e muitas coisas acontecem ao longo do tempo. 
Recomendo o livro e o filme. 
O livro é considerando de terror, mas é um terror infanto-juvenil.
Tenho o CD da trilha sonora de Coraline, se for de interesse, deixe um comentário com e-mail.
O link para download do livro segue abaixo.   
                                         video
Música Exploration 
Livro aqui.

10 de janeiro de 2011

Um MEME - Pedo Bear

Na postagem O que é um MEME? Eu disse que assim que tivesse tempo iria colocar alguns MEMEs aqui.
Eu já falei do Shit Brix e dos quadrinhos feitos com imagens de filmes.
O próximo é o Pedo Bear!
O ursinho famoso com ar de pedófilo criado pelo 4chan.
Por que um urso? Não sei. Mas ele é bonitinho e por trás da máscara se esconde um bicho maligno, haha.




Pedo = Pedophile = Pedófilo.
Bear = Urso.
Pedo Bear = Urso Pedófilo. TCHARAM!


Clique na imagem do quadrinho e entre no site que disponibiliza mais quadrinhos do lindo ursinho.
Até Mais Tarde!

Family Guy

Depois de um long time sem escrever aqui, eu voltei :D
Minha primeira postagem do ano e hoje vou falar de Family Guy, também conhecida como Uma Família da Pesada.
É uma série de comédia de humor da FOX, que passa no FX, que também é um canal da FOX.
Uma família que sempre possui vários problemas bem distintos um do outro, lógico que sempre são problemas absurdos e muito absurdos.
Esta família é formada por um homem muito idiota, porco e irracional (Peter Griffin), marido de uma mulher que geralmente está sempre certa (Lois Griffin). Os dois têm três filhos: Meg (a excluída da sociedade), Stewie (o bebê inteligente e um pouco homossexual) e Chris (garoto lesado assim como o pai). E ainda tem um cachorro, que é o espertinho e fracassado Brian.
Quem se interessa e deseja assistir mais, todo domingo na FX a nova temporada vai ao ar às 22:00.
Outros horários passam temporadas diferentes. De segunda a sexta das 17:00 às 18:00 sempre varia a temporada. Outros episódios passam à meia-noite, seguido de The Cleveland Show e American Dad. Quem gostar de Uma Família da Pesada com certeza vai gostar dessas outras séries.
Clicando aqui você terá acesso a um blog que posta todas as temporadas da série legendada e dublada. Se for de interesse, também possui temporadas de Cleveland e American Dad.